22°
Máx
17°
Min

'Sou mais conservador do que agressivo', diz Michael Klein

Após anunciar a compra da Global Aviaton pela CB Air, por R$ 38 milhões - valor que pode chegar a R$ 70 milhões -, Michael Klein afirmou ao Estado que pretende elevar o faturamento de sua divisão de serviços em aviação executiva de R$ 30 milhões, neste ano, para R$ 200 milhões, em 2017. Hoje, a holding do empresário, a CB, aposta em três segmentos: imóveis (a maioria locada para a Via Varejo), carros de luxo (com uma concessionária da Mercedes Benz) e aviação (a CB Air).

Confiante na retomada da economia, Klein também garantiu que, apesar de ter acabado de comprar uma companhia, suas ações são pautadas pela cautela: "Sou mais conservador do que agressivo."

Apesar deste investimento em aviação, a CB ainda é principalmente um negócio de imóveis?

Sim, esse patrimônio já tem uma receita consolidada de muitos anos e deve render mais de R$ 300 milhões em 2016. A maior parte está alugados para a Via Varejo (maior rede de eletroeletrônicos).

A CB considera a entrada em um novo setor, talvez do varejo?

Tenho um acordo de não competição. Então, não posso vender os mesmos produtos de Casas Bahia, Ponto Frio e Pão de Açúcar. Como eles não vendem carros, eu posso ter concessionárias de veículos, até de marcas diferentes.

E a informação de que o sr. tinha a intenção de comprar o controle da Via Varejo?

Isso não ocorreu em momento algum. O Casino não quer isso, mas quer que eu esteja próximo do conselho, para orientar e fiscalizar. Uma sugestão minha que foi bem aceita: a volta das vendas pela internet para a Via Varejo.

O sr. se refere à união de Via Varejo e CNova no Brasil (anunciada no início do mês)?

Sim, era necessário porque existe grande sinergia entre a venda física e a venda online. Uma delas é a venda pela internet e a retirada na loja, o que não poderia ser feito porque as duas operações tinham CNPJs diferentes. Do jeito que estava, se duas pessoas, que moram no mesmo prédio, comprassem uma pela internet e a outra na loja, dois caminhões diferentes fariam a entrega. Agora, vai ser usado só um ativo para os dois públicos.

O sr. está fazendo investimentos em um momento de baixa da economia. Qual é a vantagem de fazer este movimento agora?

Estou aproveitando o momento, pois o preço não está inflacionado. Acho que agora se paga o preço justo, sem ágio, sem gastar mais do que um negócio vale.

O sr. está otimista com a retomada da economia?

Com ou sem crise, a questão é que a empresa precisa ser bem administrada. Se a crise vai reduzir a receita, é preciso buscar alguma sinergia, achar outra empresa (para uma associação), para cortar a despesa no todo. No caso da CB e da Global, vamos formar a CB Global Air. E somos complementares: temos as nossas aeronaves e eles têm tradição em prestação de serviços e no relacionamento com o cliente.

Qual sua estratégia para investir?

Somos uma empresa capitalizada e gostamos de investir em negócios. Eu, por exemplo, invisto somente em imóveis que tenham renda garantida, não construo para depois ver para quem alugar. Sou mais conservador do que agressivo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.