24°
Máx
17°
Min

Superávit da balança nas duas primeiras semanas de abril foi de US$ 1,623 bi

A balança comercial registrou superávit de US$ 1,623 bilhões nas duas primeiras semanas de abril (até dia 10). Nesse período, as exportações somaram US$ 4,662 bilhões e as importações US$ 3,039 bilhões.

Na primeira semana de abril (1 a 3), que teve apenas um dia útil, o superávit foi de US$ 462 milhões, com exportações de US$ 887 milhões e importações de US$ 425 milhões. Na segunda semana (4 a 10), o superávit foi de US$ 1,162 bilhão, com exportações de US$ 3,775 bilhões e importações de US$ 2,614 bilhões.

No ano, o saldo da balança comercial é positivo em US$ 10,011 bilhões, sendo US$ 45,236 bilhões com exportações e US$ 35,225 bilhões com importações. A previsão do governo é que o superávit encerre o ano em mais US$ 35 bilhões.

Até o dia 10 de abril houve crescimento de 2,5% nas exportações, na comparação pela média diária com o mesmo mês de 2015. Houve aumento nas vendas de produtos semimanufaturados (+20,2%, por conta, principalmente, de catodos de cobre, açúcar em bruto, ferro fundido, manteiga, gordura e óleo de cacau) e de básicos (alta de 5,1%, principalmente soja em grãos, carne suína e de frango, fumo em folhas, farelo de soja).

Houve queda nas vendas de produtos manufaturados (-5,2% , por conta de óxidos e hidróxidos de alumínio, aviões, autopeças, motores e geradores elétricos).

Já nas importações, houve recuo de 30,9% em relação a abril do ano passado. Caíram as compras principalmente de siderúrgicos (-55,0%), combustíveis e lubrificantes (-53,8%), automóveis e partes (-37,9%), equipamentos mecânicos (-34,2%), equipamentos elétricos e eletrônicos (-32,7%), borracha e obras (-32,5%).

Em relação a março deste ano, houve aumento de 6,9% nas exportações e queda de 3,6% nas importações.