26°
Máx
19°
Min

Superávit do agronegócio cai 0,3% em maio mas ainda acumula alta de 12,5% no ano

As exportações do agronegócio brasileiro recuaram 0,6% em receita no mês de maio, totalizando US$ 8,59 bilhões, ante US$ 8,64 bilhões no mesmo mês de 2015, informou nesta sexta-feira, 10, o Ministério da Agricultura. A importação caiu 2,6%, para U$ 999,3 milhões. Com isso, o saldo comercial do setor no mês passado foi de US$ 7,59 bilhões (-0,3%).

No acumulado dos cinco meses do ano o superávit ainda é positivo em 12,5%, somando US$ 31,67 bilhões, ante US$ 28,13 bilhões de janeiro a maio do ano passado. Na comparação com aquele período, as exportações do agronegócio em 2016 são 7,4% superiores, somando US$ 36,67 bilhões, e as importações 16,6% menores, de US$ 5,0 bilhões.

Em maio, as exportações de soja responderam por 51,1% de tudo o que o agronegócio vendeu ao exterior. A receita com os embarques do complexo (grão, farelo e óleo) atingiu US$ 4,39 bilhões (+1,2% ante maio de 2015). Só de soja em grão o Brasil vendeu a outros países US$ 3,60 bilhões, com 9,92 milhões de toneladas embarcadas (+6,1%).

As exportações de carnes, o segundo produto mais exportado no mês passado, renderam US$ 1,28 bilhão, resultado 6,6% maior que os US$ 1,20 bilhão obtidos em maio de 2015. Segundo o Ministério, o volume embarcado cresceu 20% mas o preço médio da tonelada vendida recuou 11%.

Em maio, as vendas do complexo sucroalcooleiro para o exterior avançaram 9,3% ante o mesmo mês do ano passado, para US$ 726,59 milhões. O açúcar foi destaque com o total de US$ 670,94 milhões (+8,7%) e 2,01 milhões de toneladas negociadas (+9,7%).

Na importação, os principais produtos adquiridos foram trigo (US$ 74,12 milhões, recuo de 29,9%), pescados (US$ 70,02 milhões, +12,8%); e lácteos (US$ 63,23 milhões, +60,2%).

Acumulado do ano

Nos cinco primeiros meses do ano o complexo soja também liderou as vendas externas do setor, com US$ 13,57 bilhões (+18,1%). "Foram embarcadas para o exterior 30,81 milhões de toneladas de soja em grão nesses cinco primeiros meses de 2016, quantidade recorde da série histórica. Aliás, essa quantidade já representa 31,8% do total da safra brasileira de soja em grão 2015/2016, estimada pela Conab em 96,9 milhões de toneladas no 8º levantamento de safra", destaca o Ministério.

Além do recorde na quantidade de soja em grão também houve recorde na quantidade de farelo de soja no período. As vendas externas de farelo de soja foram de 6,88 milhões de toneladas ou o equivalente a 9,0 milhões de toneladas do grão. As exportações de óleo de soja foram de US$ 358,65 milhões no período em análise.

12 meses

Entre junho de 2015 e maio de 2016 as exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 90,76 bilhões, queda de 0,7% em relação aos doze meses anteriores. As importações somaram US$ 12,07 bilhões, 22,1% inferiores ao período anterior. Como resultado, o saldo da balança comercial do agronegócio foi de US$ 78,69 bilhões.