21°
Máx
17°
Min

Superávit primário dos governos regionais previsto cai para R$ 800 mi

(Foto: Divulgação) - Superávit primário dos governos regionais previsto cai para R$ 800 mi
(Foto: Divulgação)

A previsão de superávit primário para Estados e municípios foi reduzida a R$ 800 milhões para este ano, segundo o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas do 4º bimestre, divulgado nesta quinta-feira, 22, pelo Ministério do Planejamento. Antes, a estimativa era de que os entes subnacionais e suas estatais conseguiriam entregar uma economia de R$ 6,5 bilhões em 2016.

Até julho deste ano, Estados e municípios acumularam um superávit de R$ 9,8 bilhões, acima da meta prevista. Mas os efeitos da renegociação da dívida dos Estados com a União irão minguar esse resultado nos próximos meses.

O Planejamento esclarece que a estimativa de superávit de R$ 800 milhões se deu após a incorporação dos efeitos do projeto de renegociação da dívida. "Há que se considerar que o referido projeto ainda se encontra em tramitação no Congresso Nacional, embora liminares concedidas pelo Supremo Tribunal Federal já materializem parte de seus efeitos", diz o documento.

Pelo acordo da dívida, os Estados ganharam desconto de 100% no pagamento do serviço da dívida até o fim do ano. Entre janeiro de 2017 e junho de 2018, haverá desconto decrescente. O prazo das dívidas também foi alongado em 20 anos.