22°
Máx
16°
Min

Taxas de juros têm viés de baixa, seguindo dólar

Após uma abertura perto da estabilidade nesta sexta-feira, 18, as taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) negociadas na BM&FBovespa adotaram um ligeiro viés de baixa. A direção segue a do dólar à vista ante o real. Os investidores estão atentos aos desdobramentos da crise política no País.

Às 10h16, o DI para janeiro de 2017 tinha taxa de 13,730%, praticamente estável ante os 13,725% exibidos no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2021 exibia taxa de 14,02%, de 14,06% no ajuste anterior.