21°
Máx
17°
Min

Taxas futuras de juros acompanham alta do dólar

Os juros futuros mais longos subiam na manhã desta quinta-feira, 6, influenciados pelo dólar, enquanto as taxas mais curtas rondavam a estabilidade, com investidores mais cautelosos um dia antes da divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos e do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro, que devem ajudar a balizar as apostas para alta de juros norte-americano e a queda da Selic, respectivamente.

Às 9h25, o DI para janeiro de 2018 estava na mínima aos 12,08%, mesma taxa do ajuste de quarta-feira. O vencimento para janeiro de 2021 exibia 11,37%, de 11,33% no ajuste da véspera.

Em meio a ruídos dentro do governo, o presidente Michel Temer disse nesta quinta que seis partidos já fecharam questão para aprovar o teto dos gastos públicos. "A sensação que tenho é de que a aprovação é segura", afirmou. Ele disse ainda que o governo terá os estudos concluídos sobre a revisão da Previdência em uma ou duas semanas.