24°
Máx
17°
Min

Taxas futuras de juros mostram viés de alta, em dia de exterior cauteloso

Os juros futuros mostram viés de alta na manhã desta segunda-feira, 26, na véspera da divulgação do Relatório Trimestral de Inflação (RTI). O dólar começou a sessão instável, em dia de tom cauteloso com bolsas internacionais em queda, dólar misto e petróleo em alta.

A nova fase da operação Lava Jato, que tem como destaque a prisão do ex-ministro Antonio Palocci, gera desconforto, mas não chega a influenciar imediata e diretamente a cotação, segundo outro operador. Palocci seguiu para a sede da Polícia Federal em São Paulo.

Perto das 9h20, o DI para janeiro de 2018 estava em 12,24%, de 12,22% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2019 exibia 11,69%, de 11,64%. O DI para janeiro de 2021 estava em 11,75%, de 11,71% no ajuste anterior.

O desconforto se deve ao fato de o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, ter adiantado no domingo, 25, que teria esta semana nova operação da Lava Jato, em conversa com representantes do Movimento Brasil Limpo (MBL), acompanhada com exclusividade pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. "Teve a semana passada e esta semana vai ter mais, podem ficar tranquilos. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim", afirmou.

A prisão de Palocci gera uma nova crise no governo de Michel Temer para ser administrada.