27°
Máx
13°
Min

Taxas futuras de juros renovam máximas com dólar, em meio à cautela externa

Os juros futuros operam em alta e renovavam as máximas por volta das 9h30 desta segunda-feira, dia 1º, em sintonia com o dólar, refletindo o tom mais cauteloso no exterior em dia de queda do petróleo e após dados fracos de atividade no Reino Unido e China.

No radar desta manhã está o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que participa de reunião com líderes da base aliada na Câmara, às 9h30. O encontro será no Palácio do Jaburu, residência oficial do presidente em exercício, Michel Temer.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prometeu fazer um esforço nesta semana para que a Casa vote a proposta que trata da renegociação da dívida dos Estados com a União. Além disso, conforme revelou a Coluna do Estadão, a ideia de convidar os deputados partiu do líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE). O objetivo é garantir a Moura uma demonstração de força política no momento em que deputados da base governista pedem sua substituição da liderança.

Às 9h28 desta segunda-feira, o DI para janeiro de 2018 estava em 12,82%, na máxima, de 12,83% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2021 exibia 11,98%, de 11,98%.