24°
Máx
17°
Min

Taxas futuras de juros renovam mínimas logo após indicadores dos EUA

Os juros futuros renovavam várias mínimas nesta quinta-feira, 15, em linha com o dólar, em reação a alguns indicadores mais fracos divulgados nos Estados Unidos que ajudam a reforçar as apostas de que o Federal Reserve (o banco central norte-americano) não subirá os juros na semana que vem.

As vendas no varejo nos EUA caíram 0,3% em agosto, na margem, mais do que a expectativa de queda de 0,1%. A inflação ao produtor (PPI) ficou estável, ante previsão de 0,1%.

Às 9h39, o DI para janeiro de 2018 estava em 12,61%, de 12,63% no ajuste de quarta-feira. O DI para janeiro de 2019, o mais negociado, estava em 12,05%, na mínima, de 12,10%. O vencimento para janeiro de 2021 exibia 12,14%, na mínima, de 12,20%.