22°
Máx
14°
Min

Taxas futuras de juros rondam estabilidade, em meio a liquidez reduzida

Os juros futuros oscilam perto da estabilidade nesta segunda-feira, 2, em meio a uma liquidez reduzida, com investidores atentos ao cenário político, que traz viés de baixa, e ao movimento de alta do dólar. Às 9h38, o DI para janeiro de 2018 estava em 12,73%, de 12,71% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2021 exibia 12,41%, mesma taxa do ajuste anterior.

O dólar à vista subia 0,77%, a R$ 3,4635.

Além de mostrar revisões para baixo das estimativas para o IPCA de 2016 e 2017, o Boletim Focus desta segunda revela que o mercado aposta num corte mais intenso da Selic em setembro. A taxa, hoje em 14,25% ao ano, seria reduzida em 0,50 ponto porcentual, ante corte de 0,25 p.p. projetado na semana passada.

A abertura dos números apresentada pelo Banco Central mostra que o mercado espera que a Selic encerre 2017 em 11,75% a.a., ante previsão de 12,00% a.a. da semana passada.