23°
Máx
12°
Min

Tesouro testa mercado com emissão de título de longo prazo

Na primeira captação externa do governo Michel Temer, o Tesouro Nacional resolveu testar o mercado com a emissão de um título de longo prazo, o Global 2047. A última emissão de um papel da dívida externa com prazo de referência de 30 anos foi feita em julho de 2014, quando o governo brasileiro emitiu US$ 3,550 bilhões do Global 2045. A emissão ocorreu faltando poucos meses para as eleições presidenciais. O papel foi vendido, na ocasião, com taxa de retorno ao investidor de 5,131%.

Dessa vez, o governo Temer aproveita a melhora de confiança dos investidores em relação aos rumos da economia brasileira no dia seguinte da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.

A última emissão soberana do Brasil foi feita em março deste ano, quando o Tesouro Nacional, ainda sob comando do ex-ministro Nelson Barbosa, emitiu um título de 10 anos, o Global 2026.