26°
Máx
19°
Min

Títulos protestados acumulam alta de 24,2% em 2016, revela Boa Vista SCPC

O número total de títulos protestados aumentou 24,2% de janeiro a setembro de 2016 em comparação com os primeiros nove meses de 2015, apontam dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) divulgados nesta quinta-feira, 6.

Na comparação entre setembro deste ano e o mesmo mês de 2015, no entanto, a quantidade de títulos protestados caiu 5,6%. Em relação a agosto deste ano, a queda é de 40%. Em setembro, o valor médio dos títulos foi de R$ 4.427.

A maior parte dos títulos protestados concentrou-se na região Sudeste, com 63,4% dos registros. Em seguida vieram as regiões Sul, com 20,1%, Centro-Oeste, com 6,8%, Nordeste, com 5,9%, e Norte, com 3,8%. A região Sudeste também é a que registra o maior crescimento no ano, com 15,5%. Já a maior queda foi observada no Nordeste, de 4,8%.

O valor médio dos títulos protestados de janeiro a setembro foi de R$ 6.297. O valor mais elevado dos títulos protestados foi observado no Centro-Oeste (R$ 8.312), seguido de Sudeste (R$ 7.294), Norte (R$ 5.515), Nordeste (R$ 4.297) e Sul (R$ 3.205).

De acordo com a Boa Vista SCPC, o indicador de títulos protestados "mostra a evolução da quantidade de registros de débitos decorrentes de protestos de títulos, informados por cartórios de protestos no referido mês".