22°
Máx
16°
Min

Transporte aéreo doméstico tem queda de 7,7% em maio, revela Abear

(Foto: André Borges/ Agência Brasília ) - Transporte aéreo doméstico tem queda de 7,7% em maio, revela Abear
(Foto: André Borges/ Agência Brasília )

A demanda por transporte aéreo doméstico registrou, em maio, queda de 7,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 21, pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que compila as estatísticas das associadas Avianca, Azul, Gol e Latam, responsáveis por 99% do mercado aéreo brasileiro. A entidade destacou que esse é a décima queda mensal consecutiva e o pior resultado, em termos absolutos, desde maio de 2012.

O comportamento da demanda foi acompanhado pela oferta, que apresentou retração de 8,1% no mês. Com isso, houve leve melhora no fator de aproveitamento dos voos, de 0,34 ponto porcentual, para 78,44%. O volume de passageiros transportados no mês foi de 6,8 milhões, número 9,9% abaixo do anotado em igual período de 2015.

Entre as companhias aéreas, a Gol liderou o mercado doméstico, com 36,88% de participação, seguida da Latam, com 34,77%, Azul, com 17,05%, e Avianca, com 11,31%.

Com o resultado de maio, no acumulado em cinco meses a demanda doméstica recua 6,8%, ante igual etapa de 2015, em um ritmo maior que o corte na oferta, de 5,8%. Com isso, a taxa de ocupação das aeronaves apresenta uma piora de 0,8 ponto porcentual, para 79,57%.

Mercado internacional

As companhias aéreas brasileiras também registraram baixa no transporte internacional de passageiros em maio, no qual a demanda recuou 4,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Trata-se do terceiro resultado negativo consecutivo e o pior desde maio de 2014.

A oferta também apresentou retração, em patamar um pouco superior, de 4,8%, levando o fator de aproveitamento das aeronaves a registrar uma leve melhora de 0,19 ponto porcentual, para 82,58%. No mês, o total de viagens realizadas entre Brasil e destinos no exterior por empresas nacionais foi de 544 mil, 4,9% inferior a maio do ano passado.

No segmento, a Latam lidera o mercado, com 81,15% de participação. Gol tem 11,63%, Azul fica com 7,15% e Avianca, 0,07%. Vale lembrar que os dados apurados estão limitados a aproximadamente 25% do mercado, que é atendido pelas associadas da Abear. O restante é dominado por companhias estrangeiras.

No acumulado de janeiro a maio, a demanda ainda registra leve alta de 0,6%, com uma oferta em retração de 0,7%, levando a uma taxa de ocupação de 81,57%, 1,05 ponto porcentual acima do anotado em igual etapa de 2015.

Carga

A carga aérea doméstica movimentada pelas companhias aéreas, incluindo também a Latam Cargo, totalizou 25,6 mil toneladas em maio, o que corresponde a uma forte retração de 14,6%. No mercado internacional, no mesmo período, o volume de carga transportada somou 14,3 mil toneladas, uma ligeira queda de 0,4%.

Nos cinco primeiros meses do ano, os totais acumulados chegam a 123,3 mil toneladas de carga doméstica, queda de 12,4%, enquanto o transporte internacional de carga cresceu 3,2%, para 74,1 mil toneladas.