22°
Máx
14°
Min

Vale amortiza dívida e paga US$ 1 bi referente a linhas de crédito rotativo

Em comunicado sobre amortização de dívida, a Vale informou que pagou US$ 1 bilhão dos US$ 3 bilhões desembolsados de suas linhas de crédito rotativo em janeiro de 2016. A mineradora lembrou que, como anunciado anteriormente, utilizou parte dos recursos de US$ 1,250 bilhão da emissão de bônus com cupom de 5,875% e vencimento em 2021, para pagar algumas de suas linhas de crédito.

A companhia disse ainda que a amortização é consistente com a sua estratégia de gerenciar o perfil da dívida, alongando seu prazo médio e recompondo a disponibilidade das linhas de crédito rotativo.

Em janeiro, a Vale tinha informado sobre um desembolso de US$ 3 bilhões, dos US$ 5 bilhões, de suas linhas de crédito rotativo. Na ocasião, explicou que o objetivo era aumentar a liquidez e cobrir, assim, as potenciais necessidades de fluxo de caixa até a conclusão de seu programa de desinvestimentos, em especial a transação de carvão envolvendo Moatize e o Corredor Logístico de Nacala.

A empresa também disse naquela ocasião que parte do montante levantado cobriria os fundos utilizados para amortizar os bonds com vencimento no primeiro trimestre de 2016.