21°
Máx
17°
Min

Varejo ampliado teve queda de 8,1% em fevereiro, diz ACSP

As vendas no varejo ampliado do Estado de São Paulo, em volume, caíram 8,1% em fevereiro ante igual mês do ano passado, informou nesta quinta-feira, 28, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Em relação a janeiro, a queda foi menos intensa, de 6,2%. Já o faturamento nominal apresentou alta de 0,8% entre fevereiro deste ano e fevereiro de 2015. Na comparação com janeiro, no entanto, houve recuo de 5,5%.

O varejo restrito, que exclui automóveis e materiais de construção, apresentou, no resultado em volume, queda de 9,5% em fevereiro ante fevereiro do ano passado. Em relação a janeiro, as vendas recuaram 6,7%. Em faturamento nominal, o varejo restrito teve alta de 2,1% sobre o resultado de fevereiro de 2015, mas queda de 5,6% em comparação com janeiro.

"O desempenho do comércio paulista segue sinalizando o aprofundamento da queda do volume de vendas pelo menos até o primeiro semestre. A contínua piora das condições financeiras e a maior insegurança no emprego continuam a manter a confiança do consumidor em mínimas históricas, reduzindo sua disposição para comprar", avaliou Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).