28°
Máx
17°
Min

Venda total de veículos novos cai 21,06% em fevereiro, revela Fenabrave

O mercado brasileiro de veículos novos terminou fevereiro com uma queda de 21,06% nas vendas em comparação com igual mês do ano passado, informou nesta terça-feira, 1º de março, a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Foram 146.783 unidades comercializadas no segundo mês de 2016. Em relação a janeiro, também houve retração, de 5,47%.

O recuo é mais um resultado negativo para as concessionárias do País. Em janeiro, as vendas caíram 38% na comparação com igual mês de 2015. Com isso, no primeiro bimestre de 2016, o comércio de veículos novos teve baixa de 31,31% ante igual intervalo do ano passado. Em 2015, a queda foi de 26,5% ante 2014, o terceiro recuo anual seguido.

A forte retração acumulada nos dois primeiros meses coloca em dúvida a previsão de entidades do setor automotivo para o fechamento do ano. A Fenabrave, por exemplo, espera recuo de apenas 5,9% nas vendas. Representando as montadoras, a Anfavea projeta queda de 7,5%.

Na comparação com janeiro, as vendas em fevereiro foram prejudicadas pelo menor número de dias úteis, em razão do feriado do Carnaval. Foram 18 dias úteis no segundo mês do ano, contra 20 dias no primeiro mês. Tanto que, na média diária, as vendas cresceram 3,52% em fevereiro ante janeiro.

Por segmento, as vendas de automóveis e comerciais leves, juntos, tiveram queda de 20,54% em fevereiro sobre igual mês de 2015, para 142.068 unidades. Em relação a janeiro, houve baixa de 5,09%. No acumulado do ano, a retração foi de 30,98%.

Entre os pesados, o comércio de caminhões recuou 26,07% em fevereiro ante fevereiro do ano passado, para 3.823 unidades. Na comparação com janeiro, houve declínio de 12,03%. No acumulado do ano, a queda foi de 36,42%.

No caso dos ônibus, foram 892 unidades no segundo mês de 2016, baixa de 54,67% sobre igual mês de 2015 e tombo de 28,92% ante janeiro. No acumulado do ano, a retração foi de 48,84%.