27°
Máx
13°
Min

Vendas globais de smartphones crescem 3,9% no 1º trimestre

As vendas globais de smartphones cresceram 3,9% no primeiro trimestre de 2016 em relação ao mesmo período do ano passado, passando de 336 milhões de unidades para 349 milhões, segundo estimativa da consultoria Gartner. O total deste ano equivale a cerca de 3,8 milhões de aparelhos comercializados por dia.

O estudo aponta que o aumento da demanda de aparelhos de baixo custo e de dispositivos 4G em países emergentes contribuiu para a ampliar a procura por smartphones. Eles passaram a representar 78% do total de celulares vendidos de janeiro a abril deste ano.

De acordo com o diretor de pesquisa do Gartner, Anshul Gupta, diante deste cenário, novas marcas passaram a disputar o mercado, enquanto empresas tradicionais vivenciam um período de saturação de crescimento das vendas.

"As companhias chinesas estão surgindo como novas marcas globais", diz Gupta. Entre os cinco maiores vendedores de smartphones, três são chineses (Huawei, Oppo e Xiaomi) e respondem por 17% de participação do mercado.

As primeiras colocações se mantiveram de 2015 para cá. As vendas da líder Samsung permaneceram estáveis no período e passaram a representar 23% do mercado. "Os celulares da série Galaxy S7 e o portfólio renovado posicionaram a empresa como uma competidora forte no setor de smartphones e ainda mais nos países emergentes, onde ela enfrentou competição intensa dos fabricantes locais", diz o diretor de pesquisa do Gartner.

Por outro lado, a Apple, com 15% do mercado, registrou sua primeira queda de dois dígitos nas vendas. A retração foi de 14%, comparando trimestre a trimestre. Para reverter este quadro, a empresa reduziu o preço do iPhone 6S nos Estados Unidos e, em países emergentes, está tentando implantar um programar para recuperar e revender iPhones usados.

Já a Oppo foi a fabricante que obteve o melhor desempenho do trimestre, alcançando a quarta posição com um crescimento de 145% nas vendas. Assim como Huawei e Xiaomi, a Oppo apresentou um forte aumento na China, conquistando parte do mercado de marcas como Lenovo, Samsung e Yulong.

Mercado nacional

O Gartner também divulgou estimativas das vendas de smartphones no Brasil. Ao contrário da situação global, as vendas no mercado brasileiro registraram queda de 25%, passando de 14,6 milhões de aparelhos vendidos no primeiro trimestre de 2015 para 10,6 milhões, no mesmo período deste ano.

A Samsung também é líder em vendas no Brasil, detendo 42% de participação de mercado. Em seguida, vem Lenovo, com 19%, e a BLU, com 11%.