21°
Máx
17°
Min

Vendas no varejo ampliado caem 9,3% no 1º trimestre no Estado de SP, revela ASCP

As vendas no varejo ampliado do Estado de São Paulo, em volume, caíram 9,3% em no primeiro trimestre deste ano ante igual período do ano passado, informou nesta segunda-feira, 30, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O faturamento teve recuo menos intenso, de 0,6%, na mesma comparação.

O varejo restrito, que exclui automóveis e materiais de construção, apresentou, no resultado em volume, queda de 9,1% no acumulado de janeiro a março sobre igual intervalo de 2015. Já o faturamento teve alta de 1,8%.

"A crise do varejo se estende pelo País e decorre da diminuição da renda, do avanço do desemprego e da contração do crédito, deixando o consumidor mais inseguro e pessimista, sem disposição para comprar", diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Somente em março, o volume do varejo ampliado teve queda de 13,5% ante igual mês do ano passado, enquanto o faturamento recuou 4,2%. No restrito, as vendas em volume tiveram baixa de 14% e o faturamento caiu 1,8%.