21°
Máx
17°
Min

Vendas no varejo em SP caem 5,3% em agosto ante mesmo mês de 2015, revela ACSP

As vendas no varejo da cidade de São Paulo tiveram queda de 5,3% em agosto deste ano ante igual mês do ano passado, informou nesta quinta-feira, dia 1º, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Os resultados foram semelhantes nas compras a prazo e à vista, com recuos de 5,4% e 5,2%, respectivamente.

Na avaliação da associação, as baixas ainda são reflexos da recessão, mas sinalizam para uma melhora nos próximos meses. "O balanço de agosto é interessante porque o recuo do mês (-5,3%) foi bem menor do que no acumulado do ano (-10,2%), apontando para um possível arrefecimento da queda", destaca o presidente da ACSP, Alencar Burti, que também preside a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

"Esse comportamento não pode ser projetado para os próximos meses. Mas, de qualquer maneira, é animador, e coincide com a sinalização de diversos outros indicadores de atividade econômica. A evolução da confiança de consumidores e empresários nos próximos meses vai ser crucial", avaliou Burti.

Na comparação com julho de 2016, o varejo paulistano registrou, em agosto, altas de 3,2% nas vendas a prazo e de 4,3% nas vendas à vista, com média de 3,8%. "O saldo positivo se deve ao Dia dos Pais, que, mesmo fraco, ajudou a movimentar o comércio. Outros motivos são o dia útil a mais, as liquidações de produtos da moda Outono-Inverno e a chegada de itens Primavera-Verão", explica nota da ACSP.