22°
Máx
16°
Min

Volkswagen volta a suspender produção por falta de peças

A Volkswagen voltou a suspender na segunda-feira, 30, a produção nas fábrica de São Bernardo do Campo e de Taubaté, ambas em São Paulo. Trabalhadores dos turnos da tarde foram dispensados porque não há bancos para os veículos. A filial de São José dos Pinhais (PR) está parada em razão de férias coletivas.

Na Fiat, a fábrica de Betim (MG) está com a produção "irregular", pois a entrega de estruturas metálicas para carrocerias é insuficiente para manter a produção em ritmo normal.

O problema persiste há pelo menos três semanas, período em que as duas montadoras ficaram paradas por diversos dias em função de uma briga comercial com a Keiper, fornecedora exclusiva das estruturas para bancos e estruturas metálicas.

A empresa foi notificada pela Justiça de São Bernardo e de Betim a fornecer os produtos, sob pena de multas diárias de R$ 500 mil e R$ 200 mil, respectivamente. Ao que parece, a Keiper fornece quantidades pequenas, apenas para escapar da multa, pois a liminar obtida pelas montadoras não especifica quantidades.

Nenhum representante da empresa foi localizado na segunda-feira para comentar o assunto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.