21°
Máx
17°
Min

73ª Soea atrai mais de 3 mil participantes

Solenidade aconteceu em Foz do Iguaçu (Foto: Assessoria) - 73ª Soea atrai mais de 3 mil participantes
Solenidade aconteceu em Foz do Iguaçu (Foto: Assessoria)

Mais de três mil participantes acompanharam os discursos de abertura e a cerimônia que registra reconhecimento a 24 profissionais de destaque nas áreas tecnológicas brasileiras.

Trata-se da solenidade de abertura da Semanada Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea). Em sua 73ª edição, neste ano a Soea é realizada no município paranaense de Foz do Iguaçu até dia 1º de setembro.

Logo após, nos dias 2 e 3, será promovido o 9º Congresso Nacional de Profissionais (CNP).

Em seu discurso, o presidente do Confea, José Tadeu da Silva, ressaltou que o país passa por uma grave crise econômica, política e ética e lembrou que existem mais de 30 mil obras paralisadas ou inacabadas país afora.

“Não tem prejuízo maior do que esse”.

José Tadeu também defendeu a presença de engenheiros no planejamento e no poder decisório do país, lembrando-se da importância que a Soea tem para debater as grandes questões da Engenharia nacional.

“A Engenharia e a Agronomia estão a favor do Brasil e é grande a nossa responsabilidade neste momento”.

“Será o grande momento de alterarmos os marcos legais de nosso Sistema que dificultam nossa possibilidade de realizar mudanças”.

Sobre a organização do evento, ressaltou que “desde que o Paraná foi escolhido para sediar esta Semana, tudo foi planejado para cumprir todas as etapas que envolvem a realização de uma Soea”.

A prefeita, Ivone Barofaldi, destacou o potencial turístico da região.

“Esse auditório lotado mostra a participação massiva dos profissionais das áreas de Engenheira e Agronomia do Brasil. Nossa economia agradece essa movimentação”.

Para o presidente da Mútua, Paulo Guimarães, a realização da Semana em Foz do Iguaçu é exemplo de que é possível o convívio harmônico entre conhecimento, tecnologia e recursos naturais.

“Aqui temos a força de dois monumentos: um natural – as cataratas – e o outro construído pelo homem, com contribuição da Engenharia – a usina Hidrelétrica de Itaipu”.

Também compuseram o dispositivo de honra o presidente da FMOI, Jorge Spitalnik; representante da Upadi, Edemar Amorim; vice-presidente do Confea, Antônio Carlos Alberio; os coordenadores da Comissão do Mérito do Confea, conselheiro Mário Amorim Varela; do Colégio de Presidentes, Modesto Ferreira dos Santos; do Colégio de Entidades Nacionais, Jorge Nei Brito; e das Câmaras Especializadas, Leo Soares de Oliveira.

Oito décadas na Agronomia

Alguns minutos da solenidade foram dedicados ao engenheiro agrônomo Fernando Penteado Cardoso, profissional que em 2016 completa 102 anos de vida e 80 de formado.

Um vídeo exibido para os participantes contou a trajetória do centenário, que ingressou na Esalq/USP em 1933, com Manoel Vargas, filho do presidente Getúlio, no mesmo ano em que o então presidente promulgou o Decreto nº 23.569, que regulamentou a profissão de Agronomia e criou o Sistema.

“Venho exercendo Agronomia há 80 anos, com muita paixão, e me sinto emocionado ao receber uma homenagem tão amável e significativa”, disse Penteado.

Láurea ao mérito

Como manda a tradição das solenidades de abertura da Soea, na noite de segunda-feira (29/8) o Sistema Confea/Crea prestou homenagem a 24 profissionais em reconhecimento à importância e ao trabalho prestado à sociedade. Para o chanceler da Comissão do Mérito, Mário Amorim Varela, o momento é de reconhecer o trabalho que muitas vezes é desenvolvido solitária e anonimamente.

“É singular porque celebramos o brilho da vida de notáveis colegas, que empreendendo ciência, tecnologia, atitudes e sentimentos, fomentaram o crescimento e a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros”.

Ao agradecer a homenagem em nome dos que receberam a Medalha do Mérito e dos que tiveram seus nomes inscritos no Livro do Mérito, 24 ao todo, Roberto Heinrich valorizou “o tempo das horas dedicadas pelos homenageados ao trabalho, em especial ao ensino”.

Anualmente, os homenageados vivos recebem uma medalha. Os homenageados in memoriam são inscritos no Livro do Mérito, cujos registros ficam nos arquivos e biblioteca do Confea.

Em 2016, o reconhecimento em separado de três instituições: Clube de Engenharia da Paraíba, Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais e Curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Paraná.

ExpoSoea

A solenidade de abertura da Soea foi antecipada pela inauguração da ExpoSoea, que conta com 40 estandes.

“A ExpoSoea é o cartão de ‘boas vindas’ aos participantes e uma oportunidade para o Sistema apresentar sua missão e projetos à sociedade”, afirmou o presidente do Confea.

Para o dirigente do Crea-PR, a feira tecnológica mostra a integração do Sistema Confea/Crea e Mútua e apresenta a força e a riqueza cultural, profissional e tecnológica do Brasil.

Colaboração: Assessoria