26°
Máx
19°
Min

Aluno de colégio em Cascavel demonstra talento como desenhista

Aluno de Cascavel é verdadeiro talento como desenhista

Éder Mattos dos Santos é aluno do 9º ano do Ensino Fundamental do Colégio Estadual de Jardim Santa Felicidade, em Cascavel, e um verdadeiro talento na arte de desenhar. O jovem artista impressiona a todos quando dá vida aos seus pensamentos e coloca sua criatividade no papel, representando personagens com riqueza de detalhes e uma rapidez surpreendente.

A paixão pela arte vem de longa data. Desde os 7 anos de idade, ele já chamava a atenção pelo dom para a ‘nossa primeira forma de expressão’. Com lápis e borracha nas mãos, aos 9 anos, surpreendia pessoas próximas pelas suas composições. Como gostava muito de assistir desenhos animados, começou a reproduzir personagens nas horas vagas e os levava para mostrar aos colegas da escola. O seu preferido era o Dragon Boll Z.

Devido ao fato de ser muito dedicado, ele se tornou exemplo para outros estudantes, que não abriam mão de, com frequência, solicitar que fizesse ilustrações que pudessem levar para casa. Um dia, a professora Rosileide, do 4 º ano, viu as produções que ele mostrava em sala de aula e o convidou para ser um dos ilustradores do livro de poesia da turma. 

Desde então, Éder nunca mais parou de expressar esse dom na ponta do lápis. Cada personagem fica eternizado pelas suas mãos habilidosas. Desenhar é algo que está na sua essência: ser livre por natureza e expressar a criatividade refletida em rabiscos e detalhes que, ao tomarem forma, transformam-se em figuras incríveis.

Na 7ª série, outro professor o apoiou, ajudando-o a divulgar e incentivando que não desistisse dos seus sonhos porque era muito bom no que fazia. O professor Paulo também orientou que aperfeiçoasse sua arte, para que pudesse ser reconhecido pela qualidade artística das suas obras.

Para evoluir e ir aperfeiçoando seus trabalhos, além de todo empenho e persistência, o garoto contou com o apoio incondicional de sua família. O grande norte de como usar a criatividade foi dado pelas pessoas que conheceu, pelos professores e pelos artistas que pesquisava nesse âmbito da arte, no qual ele sempre se destacou com uma habilidade natural, em traçados impressionantes aos olhares dos observadores.

Agora, com 15 anos, o aluno participa de um projeto de Artes Visuais para o aprimoramento de técnicas. Também conheceu a professora Roseli e o professor Edemilson, que o ajudam na divulgação dos seus desenhos junto à comunidade, inclusive no Núcleo Regional de Educação.

Um dos objetivos de Éder é se profissionalizar na área e ser reconhecido por seu talento. Ele pretende não abrir mão desse sonho que guarda consigo todos os dias: ser um grande desenhista.

Colaboração: Assessoria NRE.