22°
Máx
17°
Min

Capes aprova três novos cursos de pós-graduação para universidades estaduais

(Foto: Ciete Silvério / Governo do Estado de SP) - Capes aprova três novos cursos de pós-graduação para universidades estaduais
(Foto: Ciete Silvério / Governo do Estado de SP)

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou três novos cursos de pós-graduação nas universidades estaduais do Paraná. A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) terá um novo curso de mestrado em Ciências Aplicadas à Saúde. A Universidade Estadual de Londrina (UEL) ofertará um doutorado em Engenharia Civil. A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) aprovou o doutorado em Engenharia e Ciências de Materiais. 

Com a aprovação de mais três cursos de pós-graduação, o sistema das universidades estaduais do Paraná apresenta um crescimento, nos últimos anos, de aproximadamente 70% nessa área. Em 2010, nas sete universidades, o sistema somava 110 cursos de mestrados e 41 de doutorados. Em 2016, s 171 cursos de mestrados e 72 doutorados. 

Ponta Grossa

O doutorado da UEPG em Engenharia e Ciências de Materiais tem nas linhas de pesquisa caracterização de materiais, processamento de materiais e degradação de meio ambiente. O curso terá nove professores permanentes, sendo sete do atual programa de mestrado e contará também com o pesquisador Glenn Mather, do Instituto de Cerâmica y Vídrio (Espanha). 

O curso realizará o processo de seleção a cada semestre para os novos alunos, com ofertas de nove vagas por seleção, e a possibilidade de fluxo contínuo em casos onde o orientador for contemplado com bolsas oriundas de projetos próprios. A UEPG atualmente tem dez doutorados e 21 mestrados acadêmicos. 

Londrina

Na UEL, o doutorado em Engenharia Civil, do Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU), deverá ofertar duas áreas de concentração: Construção Civil e Saneamento e Recursos Hídricos, atendendo a uma demanda regional. Com o novo curso, a UEL passa a contar com 46 programas de pós-graduação stricto sensu, dos quais 22 oferecem cursos de mestrado e doutorado e 24 de mestrado. 

O novo curso deverá contar com 11 professores e poderá oferecer até seis vagas inicialmente. O mestrado em Engenharia de Edificações e Saneamento da UEL existe desde 2003 e conta com nota 4 da Capes. Já a graduação existe desde 1971. 

Francisco Beltrão

Na Unioeste, foi aprovado o curso de mestrado de Ciências Aplicadas à Saúde, com área de concentração em Ciências da Saúde e área de avaliação em Medicina 1, conforme a Capes determina. Serão disponibilizadas 15 vagas no processo de seleção que ocorrerá no final de 2016, com previsão de início do curso para o primeiro semestre de 2017. O novo curso irá contar com 14 professores vinculados a Unioeste. As linhas de pesquisas são em Fisiologia das Doenças Transmissíveis e Não-Transmissíveis e Saúde, Nutrição e Ambiente. 

Colaboração AEN