22°
Máx
14°
Min

Educadores debatem sobre identificação de casos de abuso

(Foto: Divulgação) - Educadores debatem sobre identificação de casos de abuso
(Foto: Divulgação)

Uma reunião entre coordenadoras pedagógicas das instituições municipais de ensino de Bituruna, a 280 quilômetros de Ponta Grossa, discutiu o tema ‘Como a escola deve proceder diante a identificação de casos de abusos sexuais’. A parceria entre as secretarias de Educação e Cultura e de Assistência Social e Desenvolvimento Comunitário busca destacar a importância da escola na prevenção e identificação de casos de abusos sexuais de crianças e adolescentes.

O objetivo é que as coordenadoras sejam multiplicadoras da informação, fazendo com que as professoras, que têm maior contato com os alunos, também consigam realizar a identificação de possíveis vítimas.

A psicóloga e coordenadora do Centro de Referência Especialidade em Assistência Social (Creas) Gislaine Gobbi, destacou os principais comportamentos que as vítimas podem apresentar. “É alarmante o número de casos que o município possui e trabalhando juntos podemos reverter esse quadro”, destaca Gislaine. “É importante que o assunto seja tratado no ambiente escolar com os profissionais, para que eles trabalhem a prevenção dentro de sala de aula e estejam mais aptos para reconhecer e ajudar nossos alunos”, completa a secretária de Educação, Roseli Antonelli Lanzarini.

Colaboração Assessoria de Imprensa.