21°
Máx
17°
Min

Está em vigor lei que quer acabar com alergias em sala de aula

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens) - Está em vigor lei que quer acabar com alergias em sala de aula
(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

As escolas paranaenses deverão incentivar o uso de giz antialérgico em sala de aula. A iniciativa está prevista na lei que entrou em vigor no Estado, que pretende ainda divulgar os benefícios deste tipo de material.

O principal argumento é preservar a saúde de alunos e professores, que têm contato constante com o produto. “As escolas incentivarão no sentido de demonstrar os benefícios que o giz antialérgico poderá trazer à saúde de todos os profissionais, prevenindo doenças futuras ou agravamento de quadros clínicos já existentes”, diz o texto da lei.

De acordo com a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), o giz antialérgico é revestido por uma camada de plástico que evita que o pó se espalhe. O produto também é considerado mais macio e com melhor rendimento quando comparado ao giz convencional, que pode trazer sensibilidade, aparecimento de doenças no aparelho respiratório, alergias de qualquer natureza e complicações nas cordas vocais.

Colaboração Alep