22°
Máx
16°
Min

HQ aborda história do Barão do Serro Azul para estudantes municipais

(Foto: Divulgação) - HQ aborda história do Barão do Serro Azul para estudantes municipais
(Foto: Divulgação)

Aprender sobre o Cerco da Lapa e outros fatos históricos do Paraná serão atividades mais divertidas para os estudantes municipais de Curitiba. Todas as bibliotecas das 185 escolas da rede municipal receberão exemplares da revista em quadrinhos“Barão do Serro Azul: herói da paz”, que conta a história de Ildefonso Correia, que defendeu Curitiba durante a Revolução Federalista. A entrega oficial das revistas aconteceu na Escola Municipal Lapa, no Boqueirão. 

As revistas foram doadas pela agência Núcleo de Mídia e Conhecimento. Em formato de quadrinhos, o material de 44 páginas tem a assinatura da roteirista Carol Sakura e do ilustrador Marcelo Lopes para contar a história do industrial, político e patriota, único paranaense no Panteão dos Heróis. “É narrativa viva de fatos que marcam, transformam e modificam uma sociedade. Por isso, é fundamental que nossos estudantes da rede possam conhecer a trajetória de uma das personalidades mais marcantes da história do estado”, disse a secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo. 

Ildefonso Pereira Correia, o Barão do Serro Azul, foi apontado como herói ao negociar com os federalistas para evitar saques e garantir a paz em Curitiba, mas, por outro lado, foi considerado traidor pelas tropas florianistas por ter negociado com os maragatos. O material oferece conteúdo aos professores, pedagogos e estudantes para pesquisa e reflexão sobre os episódios, abordados nas aulas de história para turmas de 4º  e 5 º anos.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação) 

“A revista chegou para complementar nosso planeamento de ensino da história do Paraná. A qualidade da ilustração e a riqueza do detalhamento histórico agradaram tanto aos professores, que passam a contar com mais matérias de apoio ao trabalho em sala de aula, quanto aos estudantes que apreciam muito o formato em quadrinhos”, disse a diretora da escola, Cátia Bilyk Machado. 

As professoras Mariele Cristina Erzinger e Letícia Socek Bruggeman já trabalham com conteúdos da história do Paraná e aprovaram o material. “Será um complemento das atividades planejadas no currículo que começam no 4º ano com a história do estado, os ciclos econômicos, a revolução federalista e acaba comum passeio pedagógico pelas cidades da Lapa – cidade que dá nome a nossa escola– e Paranaguá”, conta Mariele. 

Para os estudantes, o material é um estímulo extra para aprender mais. “O barão foi um visionário que lutou pela paz e pelo desenvolvimento da cidade. Adorei a revista porque mostra detalhes que despertam ainda mais nosso interesse pelo assunto”, disse a estudante do 5º ano Laura Sales, de 10 anos. O aluno Vicenzo Mineiro, de 9 anos, também aprovou as revistas que dividirão espaço com outras publicações na biblioteca da escola. “Barão do Serro Azul foi o cara que salvou Curitiba dos maragatos. Saber sobre ele é entender a nossa história”, disse Vicenzo.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação) 

Participaram da cerimônia da entrega os autores da revista, o responsável pelo núcleo e Mídia e Conhecimento, Fábio André Chedid Silvestre; o representante do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, Paulo Roberto Hapner; a diretora do departamento de ensino fundamental da Secretaria Municipal da Educação, Letícia Meira, e representantes da equipe de história da Secretaria Municipal da Educação. O material foi produzido a partir da Lei Rouanet, com patrocínio da Rede Condor de Supermercados e o Instituto Joanir Zonta, conta também com apoio institucional da Associação Comercial do Paraná e do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná.