28°
Máx
17°
Min

Instituições ocupadas em Londrina chegam a quase 30%

(Foto: Arquivo Massa News) - Instituições ocupadas em Londrina chegam a quase 30%
(Foto: Arquivo Massa News)

Já são 20 escolas ocupadas em Londrina em protestos de estudantes contra a reforma no Ensino Médio proposta pelo Governo Federal. A última atualização divulgada pelo movimento Ocupa Paraná indica que, das 67 instituições estaduais de ensino na cidade, 29,8% estão ocupadas por alunos.

Os estudantes protestam contra a medida provisória 746/2016, que prevê mudanças na carga horária de 800 para 1.400 horas/aula por ano, além de transformar disciplinas como Sociologia, Filosofia e Artes como opcionais.

Veja abaixo a relação de escolas divulgadas pelo movimento:

  • C.E. Albino Feijó Sanches
  • C.E. Maria Aguilera
  • C.E. Vani Ruiz
  • C.E. Polivalente
  • C.E. Willie Davids
  • C.E. Hugo Simas
  • C.E. Margarida Barros
  • C.E. Padre José de Anchieta
  • C.E. Marcelino Champagnat
  • C.E. Nsa. Sra. de Lourdes
  • C.E. Benjamin Constant
  • C.E. de Guaravera
  • C.E. Adélia Dionísia Barbosa
  • C.E.E.P - Maria Castaldi
  • Colégio de Aplicação da UEL
  • Instituto de Educação
  • C.E. Newton Guimarães
  • C.E. Roseli Piotto
  • C.E. Célia M. Oliveira
  • C.E. Gabriel C. Martins