21°
Máx
17°
Min

Livro de professor da Unila será lançado em maio

Foto: Divulgação - Livro de  professor da Unila será lançado em maio
Foto: Divulgação

A obra "El imperialismo y  el agro argentino", do professor de Relações Internacionais da UNILA, Fernando Romero, será lançada, em Foz do Iguaçu, durante a aula magna do curso de Especialização em Relações Internacionais Contemporâneas. 

A aula está marcada para o dia 10 de maio, às 19h, na Unidade Jardim Universitário, e será proferida por Romero. A entrada será aberta a toda a comunidade.

Lançado recentemente em Buenos Aires, o livro já vem sendo distribuído pela editora Ciccus. A obra foi selecionada, com outras duas publicações, em edital do Programa de Auxílio à Editoração de Livros (PROEDIT), realizado em conjunto pelo Instituto Mercosul de Estudos Avançados (IMEA) e pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UNILA. 

O Programa previu apoio financeiro para a impressão. A obra de Romero contou ainda com a parceria do Centro Interdisciplinario de Estudios  Agrarios, da Universidad  de Buenos Aires (UBA).

O livro revela o impacto e a presença do capital estrangeiro no complexo agroindustrial da região pampeana, uma área que abrange desde Buenos Aires até as províncias de Córdoba, Santa Fe, Entre Ríos e La Pampa. Nesse sentido, são analisadas desde as "aguas  arriba" (sistema bancário, maquinarias agrícolas, fertilizantes, herbicidas, inseticidas, sementes e combustíveis) até as "aguas abajo" (agroindústrias de transformação, cadeias de supermercados e empresas exportadoras) da produção primária.

A obra é uma adaptação da tese de doutorado do professor, apresentada na UBA, e contém os resultados obtidos em pesquisas realizadas entre os anos de 2007 e 2013. 

A análise compreende desde o período da ditadura militar, em 1976, até 2008, e diferentes condições estruturais internas e externas, além de diferentes modelos de política econômica e suas consequências. 

Segundo o orientador da tese, professor Eduardo Azcuy Ameghino, que assina o prólogo, "Romero proporciona uma massa crítica de evidências que sustentam firmemente a convicção de que o capital estrangeiro extrai muito mais do que aporta ao desenvolvimento do país".

Como fonte para a análise, foram utilizados diversos bancos de dados, como o Instituto Nacional de Estatística e Censo, o Ministério da Agricultura e Pesca, a Secretaria de Indústria e Comércio, o Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentária, o Ministério da Economia e Finanças Públicas da Nação, o Ministério de Assuntos Agrários da Província de Buenos Aires, entre outros. 

Entre as fontes internacionais, estão a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, o Banco Mundial e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe. Além da análise de dados, foram realizadas entrevistas.

Apoio

A impressão da obra contou com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UNILA e do IMEA, via edital do PROEDIT. "Dessa forma, conseguimos apoiar e divulgar resultados importantes de pesquisas de docentes da UNILA. O edital foi importante para o início da instalação da EdUNILA, gestada a partir do IMEA. Para este ano, queremos lançar edital conjunto com a Editora, na expectativa de apoio às publicações de professores da Universidade, como forma de premiar o mérito acadêmico", afirma o coordenador do IMEA, professor Alexandre Varela.

Em abril, outras duas obras selecionadas no mesmo edital devem ser lançadas: "A formação do Estado Democrático de Direito: o constitucionalismo na emergência da sociedade civil", do professor Gustavo Oliveira Vieira, pela editora Unijuí; e "O Fedro de Platão - Estudo e tradução da obra", do professor Rogério Gimenes de Campos, pela editora Hedra.

Sobre o autor

Fernando Romero é professor e licenciado em História, mestre em Desenvolvimento e Gestão Territorial pela Universidad  Nacional del Sur e doutor pela Universidad  de Buenos Aires. Desde 2005, é coordenador-geral do Colectivo de Estudios e Investigaciones  Sociales. Especialista em estudos agrários, Romero é pesquisador do Centro Interdisciplinario de  Estudios Agrarios, da Facultad  de Ciencias Económicas da UBA. É professor da UNILA e dirige o Grupo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisa sobre Capitais Transnacionais, Estado, Classes Dominantes e Conflitividade na América Latina e Caribe.

Colaboração: Assessoria de imprensa