24°
Máx
17°
Min

Prêmio Professor Sérgio Escorsim encerra ADM 2016

Debate “Da Crise à Oportunidade” encerrou a programação de quinta-feira (Foto: Divulgação) - Prêmio Professor Sérgio Escorsim encerra ADM 2016
Debate “Da Crise à Oportunidade” encerrou a programação de quinta-feira (Foto: Divulgação)

O ADM 2016 chega à reta final com destaque para os melhores trabalhos científicos do congresso. Os autores dos artigos mais bem avaliados recebem na manhã dessa sexta-feira o Prêmio Professor Sérgio Escorsim. O evento acontece a partir das 9 horas no auditório Bossa Nova do Serhs Grand Hotel, em Natal (RN). A honraria é concedida apenas para os três melhores trabalhos aprovados em cada categoria proposta pelo comitê científico do evento.  Nesse ano concorrem ao prêmio cerca de 470 artigos. “As melhores pesquisas dentro de 15 linhas temáticas recebem o troféu. Constatamos a relevância da produção acadêmica nas diversas regiões do Brasil e do exterior, no que compete a disseminação de trabalhos que buscam integrar a academia ao setor organizacional”, destaca o professor Luiz Laertes de Freitas, presidente do comitê científico do evento.  Somente nesse ano, foram submetidos mais de 570 pesquisas para avaliação.  Representantes da ACIPG, FASF, UEPG, UNOPAR e UTFPR entregam o prêmio. 

Simultaneamente acontecem as últimas atividades práticas da edição do congresso. Dois workshops encerram a programação. O professor da Universidade de Brasília, Ari de Melo Mariano fala sobre Repertory Grid: O uso da teoria dos Construtos Pessoais para formação de indicadores. Enquanto que o professor Fernando Cruz, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) ministra sobre Economia Criativa e o Programa Incubadora Cultural da UFRN.

O acadêmico Tiago Morczinski Martins, do sexto período do curso de Administração das faculdades da UNOPAR conta que pela primeira vez participa de um evento fora de Ponta Grossa. Ele foi a Natal exclusivamente para participar do ADM e incrementar o currículo acadêmico. “A experiência é única e tem sido importante para absorver muito conteúdo. Optei por participar da programação articulada no período noturno”, destaca o estudante.

Ontem, as atividades se concentraram nas visitas técnicas ao Sebrae/RN e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) onde um grupo de pesquisadores conheceu o programa de Pós-Graduação em Administração, com os coordenadores de programas de mestrado e doutorado da instituição. Workshops sobre empreendedorismo, marketing estratégico e crise econômica estavam entre os assuntos. A mesa redonda “Da Crise à Oportunidade”, tema do evento desse ano, encerraram as discussões da noite. 

Em 2017 o ADM retorna para Ponta Grossa, sua cidade sede para comemorar seus 30 anos. Segundo os organizadores, a ideia é tornar o congresso itinerante. “Analisamos a proposta há alguns anos dada a diversidade de estados e países que participam a cada edição. Natal foi a primeira experiência e vimos que deu muito certo”, avalia o professor Patrício Vasconcelos, presidente do comitê gestor do ADM 2016.

Colaboração Assessoria de Imprensa.