23°
Máx
12°
Min

UEL ganha nova estrutura para pesquisa

(foto: divulgação) - UEL ganha nova estrutura para pesquisa
(foto: divulgação)

Estudantes de vários cursos de graduação e pós-graduação da UEL ganharam hoje uma nova estrutura de trabalho a partir da entrega oficial do LEPEQ - Laboratórios de Ensino e Pesquisa em Química, do Centro de Ciências Exatas (CCE), que atenderá diversas áreas do conhecimento. O novo prédio tem cerca de 1,7 mil metros quadrados de área e mereceu investimentos de mais de R$ 3 milhões, fora outros R$ 2,5 milhões em equipamentos alocados em 12 laboratórios. A unidade faz uma homenagem póstuma à professora Flaveli Almeida, ex-coordenadora do colegiado do Curso de Química da UEL.

A reitora Berenice Quinzani Jordão afirmou que a inauguração do LEPEQ é um marco importante para a Universidade, sobretudo neste momento de crise financeira no país e no estado. "Hoje comemoramos o resultado de um esforço conjunto. É compensador saber que este trabalho resulta na entrega de uma área específica para a formação de pessoal e para a geração do conhecimento", afirmou a reitora, durante a solenidade de inauguração.

Os primeiros estudos visando o projeto do prédio tiveram início em 2007. A construção teve início a partir de 2010, quando a Universidade conseguiu recursos junto à Unidade Gestora do Fundo Paraná (UGF), fundo que apóia o desenvolvimento científico e tecnológico do estado.

Segundo o chefe do Departamento de Química, professor César Tarley, diariamente circulam pelo prédio cerca de 200 alunos de vários cursos. A infraestrutura entregue nesta sexta-feira atenderá aulas experimentais dos cursos de Química (bacharelado e licenciatura), Física, Agronomia, Zootecnia, Farmácia, Ciências Biológicas, Biomedicina e Engenharia Civil. Os 12 laboratórios instalados na nova unidade são das áreas de Química Orgânica e Inorgânica, Química Analítica e Físico-Química.

A diretora do CCE, professora Suely Obara Dói, lembrou a trajetória para a construção do prédio, em duas etapas, que consumiram paciência e empenho de vários diretores, coordenadores, professores e alunos. Ela ressaltou que a homenagem à professora Flaveli representa lembrar uma ex-aluna do Centro, que se tornou professora e teve a vida marcada pela defesa do ensino e da pesquisa.

Familiares da professora presenciaram o descerramento da placa que batiza oficialmente o novo prédio, o filho João Henrique, e o marido, Vanderlei Almeida. Participaram também da solenidade Pró-reitores, Diretores de Centros de Ensino, coordenadores e representantes de unidades administrativas da UEL, além de ex-diretores do CCE.

(com Agência UEL)