22°
Máx
14°
Min

UEPG investe R$ 3,4 milhões na atualização e ampliação de sistemas

(foto: Divulgação) - UEPG investe R$ 3,4 milhões na atualização e ampliação de sistemas
(foto: Divulgação)

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) acumula, nos dois últimos anos, mais de R$ 700 mil em investimentos na atualização e ampliação de sistemas armazenamento de dados e comunicação da instituição, além da contratação, no valor de R$ 2,7 milhões, de um Sistema Comunicação Unificada. O diretor do órgão, professor Dierone Foltran Júnior (Departamento de Informática), ressalta que os investimentos em infraestrutura visam, principalmente, a ampliação da velocidade de acesso à internet, buscando soluções que atendam à demanda crescente da comunidade universitária.

Dierone Foltran enumera os principais investimentos realizados no período. Em 2015, foram aplicados R$ 362 mil na atualização e ampliação do ‘Storage’ (sistema para armazenamento de dados); R$ 30 mil, na ampliação da capacidade de memória dos diversos servidores, os quais ainda estão em fase de atualização e, principalmente, validação dos sistemas preexistentes; e mais R$ 36 mil em unidade automatizada de backup em fita, que resulta no aprimoramento na rotina de cópia e armazenamento dos dados institucionais.

Ainda no ano passado, foi ampliada a velocidade de acesso à internet, passando de 330 Mpbs (megabits por segundo) para 450 Mpbs, com redundância. O diretor do NTI explica que o sistema da instituição possui dois enlaces: um de 250 Mbps (com interligação a RNP em Curitiba) e outro de 200 Mpbs, fornecido por uma operadora comercial, que atuam de forma agregada, ou seja, somando suas velocidades. Essa redundância garante que, na falta de um enlace, o outro assuma 100% a operação e mantenha a conectividade. “Além disso, as rotas físicas de ambos os circuitos são diferentes, tanto na entrada no campus de Uvaranas quanto pelo caminho percorrido dentro da cidade até o ponto de agregação da operadora”.

Neste ano, o NTI registra o investimento de R$ 56 mil em switches de distribuição de rede, para substituição de equipamentos avariados e obsoletos. Outros R$ 59 mil foram investidos na atualização do software do sistema gerenciador de banco de dados da instituição. “Essa atualização já era uma demanda antiga, através da qual ampliaremos a quantidade de conexões simultâneas bem como a ampliação da capacidade técnica de atendimento”.

Segundo Dierone Foltran, é importante destacar que o NTI já emprega há muito tempo o conceito de virtualização de servidores, desta forma consegue racionalizar o consumo de energia, além de garantir o remanejamento lógico de servidores, sem implicações em remanejamento físico. “No início de 2016 houve um grande remanejamento interno na distribuição dos racks de equipamentos no nosso datacenter”, completa.

O maior investimento, informa o diretor do NTI, chega à casa de R$ 2,7 milhões, para a contratação de um Sistema de Comunicação Unificado para a UEPG e Hospital Universitário, com previsão de instalação em 120 dias. Nesse sistema haverá ampliação de 20% no número de ramais VoIP da UEPG, passando dos atuais 500 para pouco mais de 600, para atender a demanda reprimida nos últimos anos, principalmente para as novas estruturas administrativas criadas.

Ocorrerá também um incremento em equipamentos de rede de forma a melhorar a conectividade do usuário. Esse investimento inclui a integração com o Hospital Universitário, além da aquisição de um equipamento para melhorar a ligação para telefones celulares, passando a ser um sistema integrado 100% digital. “Em 2015 realizamos a adesão ao serviço fone@RNP, o qual impactou na redução do valor da conta de telefone para ligações interurbanas”, comenta Dierone,

O diretor do NTI destaca ainda que desde o final do ano passado, o órgão analisa tecnologias e equipamentos para a atualização do sistema de rede Wireless. “Estamos realizando PoC (proof of concept – prova de conceito) com diversos fornecedores para avaliação de equipamentos e tecnologia”, diz. Atualmente o NTI busca uma solução que possibilite atender toda a área dos campi e principalmente a demanda da densidade (agrupamento/quantidade) de usuários, principalmente no Campus Central e na Central de Salas e no Centro Integrado de Pesquisa e Pós-Graduação (CIPP), no Campus Uvaranas.

No período, ainda ocorreram investimentos em aquisições de materiais e serviços inerentes ao processo operacional do NTI, como componentes para manutenção de computadores (placas, discos, memória, entre outros) e também material de rede (cabo, conectores, racks e outros). Quase todos os racks dos equipamentos de rede da instituição foram refeitos, desde 2015, esse trabalho garante a melhoria da distribuição da comunicação por cabo entre os diversos blocos.

Em todo esse processo, Dierone ressalta o trabalho árduo desenvolvido por todas as pessoas que atuam no NTI. “Seja na construção de novos sites para divulgação de eventos, atualização e manutenção de equipamentos, bem como a manutenção e concepção de novos sistemas informatizados, e principalmente no atendimento das demandas dos usuários da instituição”.

(com informações da UEPG)