28°
Máx
17°
Min

Alerta sobre atirador em base militar nos EUA era falso

O alerta sobre um possível atirador infiltrado na base aérea de Andrews, localizada a cerca de 30 quilômetros de Washington, era falsa e foi causada por um exercício de segurança, afirmaram oficiais.

Mais cedo, o perfil da base aérea no Twitter postou uma mensagem instruindo funcionários a buscarem abrigo até que o incidente fosse solucionado. A base de Andrews abriga as aeronaves utilizadas pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A confusão com o que era, na verdade, um exercício para treinar o pessoal da base a como agir em casos como esse levou a mais de uma hora de insegurança entre os integrantes da base.

Não é a primeira vez que um exercício de segurança levou a um alarme falso em Washington. Em 2009, no aniversário dos ataques de 11 de setembro, um exercício da Guarda Costeira no rio Potomac levou a uma confusão e levou a Força Nacional a deslocar equipes ao local. Fonte: Dow Jones Newswires.