21°
Máx
17°
Min

Altas temperaturas matam mais de 160 pessoas na Índia

Mais de 160 pessoas morreram na sul e leste da Índia por causa das altas temperaturas que se mantêm na região há semanas. As autoridades locais alertaram que a situação tende a persistir diante da ausência de previsões de chuvas para as próximas semanas.

A maioria das vítimas das ondas de calor são trabalhadores e agricultores dos estados de Telangana, Andhra Pradesh e Orissa. Em algumas regiões os termômetros chegaram a atingir 45 graus Celsius.

Por causa desse fenômeno, escolas foram fechadas em Orissa na semana passada e permanecerão sem aulas até o dia 26 de abril. Autoridades em Andhra Pradesh estavam distribuindo água e soro de leite para ajudar as pessoas a ficarem hidratadas. Além disso, os moradores estão sendo aconselhados a permanecerem em casa durante as horas mais quentes do dia.

O meteorologista Y.k. Reddy disse que as temperaturas estão cerca de 4 a 5 graus Celsius mais quentes do que um dia normal de abril. "Normalmente temperaturas altas dessa forma são registradas no mês de maio", ponderou.

Para piorar a situação, a Índia tem enfrentado uma grave crise hídrica que atinge mais de 300 milhões de pessoas - cerca de um quarto da população -, o que tem provocado a morte de milhares de animais e até o suicídio de alguns agricultores.

Essa não é a primeira vez que uma onda forte de calor mata pessoas no sul da Índia. No ano passado cerca de 2.500 pessoas não resistiram até a chegada das chuvas, que começam tradicionalmente em junho, e morrerem. Fonte: Associated Press.