22°
Máx
16°
Min

Ao menos 52 pessoas morreram pisoteadas durante festival religioso na Etiópia

(Foto: Divulgação) - Ao menos 52 pessoas morreram pisoteadas durante festival religioso
(Foto: Divulgação)

Ao menos 52 pessoas morreram pisoteadas neste domingo em uma debandada depois que a polícia disparou balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes que protestavam contra o governo durante um enorme festival religioso na cidade de Bishoftu, ao sudeste da capital da Etiópia, Adis Abeba, disseram testemunhas.

Pessoas que estavam no festival anual em Bishoftu foram esmagadas até a morte depois que a polícia usou balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes que gritavam frases contra o governo, enquanto eles se empurravam e tentavam chegar até o local onde líderes estavam discursando.

Estima-se que 2 milhões de pessoas estavam presentes no evento. Um repórter da Associated Press viu pessoas segurando os pulsos cruzados em um gesto de protesto contra o governo.

Durante vários meses, a Etiópia presenciou protestos, vários deles com mortes, exigindo mais liberdades. Os EUA recentemente expressaram preocupação sobre o uso excessivo da força contra os manifestantes. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.