22°
Máx
16°
Min

Apesar do cessar fogo, tiroteios irrompem na capital da Síria

Tiros e confrontos entre tropas do governo da Síria e um grupo rebelde foram registrados nesta sexta-feira em Damasco, a capital da Síria, os mais graves desde que um cessar fogo negociado entre os Estados Unidos e a Rússia entraram em vigor no início da semana.

Paralelamente, um grupo de oposição ao regime de Bashar Assad afirmou que tropas russas estacionaram ao longo da principal estrada que chega a Alepo, sinalizando a possível chegada de comboios de ajuda humanitária à disputada cidade.

O confronto e a troca de artilharia nas cercanias da cidade foram os mais duros em semanas, de acordo com ativistas e moradores da capital, elevando temores sobre o estado do cessar fogo.

Insurgentes atacaram posições do governo com artilharia no leste de Damasco, de acordo com a mídia estatal síria. A utilização de artilharia viola o cessar fogo, diz a SANA.

De acordo com Mazen al-Shami, um ativista de oposição, as forças do governo tentaram tomar Jobar - um reduto oposicionista - mas foram expulsos pelos rebeldes. O Estado Islâmico e a Al-Qaeda, dois grupos que estão excluídos do cessar fogo, não tem presença na área, disse.

A trégua tem se mantido apesar algumas violações registradas. A oposição síria conta 46 violações e o Observatório Sírio de Direitos Humanos reportou as primeiras três mortes desde a sua entrada em vigor.Fonte: Associated Press.