24°
Máx
17°
Min

Após troca de tiros, polícia da Bélgica caça homem ligado a ataques em Paris

A polícia da Bélgica lançou uma caçada nos arredores de Bruxelas nesta terça-feira depois de pelo menos um homem abrir fogo contra policiais durante uma ação antiterror ligada aos ataques do ano passado em Paris. Três policiais ficaram feridos durante a operação no distrito de Forest.

Autoridades da Bélgica e da França cooperaram na busca feita na casa do suspeito, segundo Barend Leyts, porta-voz do primeiro-ministro belga, Charles Michel. Um porta-voz do Ministério do Interior da França relatou que as equipes de busca foram recebidas por um "tiroteio visivelmente pesado" quando fizeram a incursão na residência.

Investigadores disseram que os ataques em Paris foram em boa parte preparados na Bélgica e buscas feitas nos dias seguintes àquele 13 de novembro deixaram sete mortos. Promotores belgas acusaram onze homens por ligação aos ataques e diz que outros ainda estão sendo procurados. Um dos suspeitos, Salah Abdeslam, teria se escondido em Bruxelas.

A empresa de transporte público de Bruxelas, STIB, informou no Twitter que partes dos serviços foram interrompidos por ordem da polícia hoje "por um longo período". Fonte: Dow Jones Newswires.