23°
Máx
12°
Min

Ataque a bomba no Iêmen mata ao menos 45 combatentes do governo

Um ataque a bomba reivindicado pelo Estado Islâmico (EI) matou ao menos 45 combatentes pró-governo na cidade de Aden, no sul do Iêmen, nesta segunda-feira, segundo autoridades iemenitas.

As vítimas estavam numa área próxima a duas escolas e uma mesquita, quando uma picape explodiu em meio à multidão, relataram testemunhas.

A explosão também feriu mais de 60 pessoas, que foram levadas para três hospitais dos arredores, disseram autoridades de segurança sob condição de anonimato, por não terem autorização de falar com a mídia.

O motorista do veículo foi identificado como Ahmed Seif e foi distribuída uma foto dele sorrindo e segurando um fuzil de assalto, ao lado de uma bandeira usada por extremistas islâmicos e um lançador de granadas.

O Iêmen está no meio de uma guerra civil, em que o governo reconhecido internacionalmente e uma coalizão liderada por sauditas combatem rebeldes xiitas houthi, que são aliados de unidades do exércitos fiéis a um ex-presidente do país. O conflito permitiu que a Al-Qaeda e um grupo ligado ao EI expandissem sua atuação, particularmente no sul iemenita. Fonte: Associated Press.