24°
Máx
17°
Min

Ataques aéreos deixam mais de 50 mortos na Síria

Dezenas de civis foram mortos no norte da Síria, nesta terça-feira, em ataques aéreos supostamente conduzidos pela coalizão liderada pelos Estados Unidos, de acordo com ativistas de grupos de monitoramento que citaram residentes da área.

Estima-se que o número de mortos após o ataque em Tokhar varie entre 56 e quase 100, incluindo mulheres e crianças. O vilarejo fica ao norte de Manbij, onde as forças lideradas pelos EUA lutam contra militantes do Estado Islâmicos há semanas. Houve relatos de morte de civis em outras áreas, mas eles não puderam ser verificados de forma independente.

O Comando Central dos EUA disseram em um comunicado que estava revisando as alegações de morte de civis em Manbij, na Síria.

"Se determinarmos que as informações que dão apoio às alegações são credíveis, vamos determinar em seguida o próximo passo a ser dado", disse o Comando Central. "Nós tomamos todas as medidas para evitar ou minimizar mortes de civis ou danos colaterais, em conformidade com os princípios da Lei do Conflito Armado", disse.

Uma agência de notícias afiliada ao Estado Islâmico, a Amaq, reportou que "mais de 160 civis, mulher e crianças, na maioria, foram mortos como resultado de muitos ataques americanos na cidade de Tokhar". Fonte: Dow Jones Newswires.