21°
Máx
17°
Min

Ataques da Turquia e da coalizão dos EUA matam 63 militantes do Estado Islâmico

O exército da Turquia disse nesta segunda-feira que bombardeios e ataques com drones realizados pela coalizão liderada pelos EUA têm atingido posições do Estado Islâmico na Síria e mataram um total de 63 militantes.

Quatro drones implantados a partir da base aérea de Incirlik, um ponto de partida para os EUA, participaram da operação e mataram 29 militantes.

Os ataques aéreos foram informados por informações recolhidas pelo exército turco, disse a agência privada de notícias Dogan.

Os restantes 34 militantes foram mortos por disparos de foguetes e bombardeios da Turquia, de acordo com a agência estatal Anadolu.

A ofensiva começou no domingo, quando quatro foguetes disparados da Síria atingiram a cidade fronteiriça turca de Kilis e feriu oito pessoas. Fonte: Associated Press.