22°
Máx
14°
Min

BCE diz ser necessário esperar um pouco mais antes de responder ao Brexit

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio, afirmou que será necessário aguardar um pouco mais para ver se será preciso uma resposta da instituição à saída do Reino Unido da União Europeia.

Segundo Constâncio, o Brexit não provocou uma repetição do caso Leahman Brothers, que desencadeou a crise financeira global de 2008/2009. "O Brexit não gerou falha sistêmica no sistema financeiro", afirmou, acrescentando que nenhum gatilho para crise foi acionado.

Mas, caso seja necessário, enfatizou Constâncio, o BCE agirá. "Ainda temos instrumentos em nosso kit de ferramentas."

Ele também comentou que os bancos europeus não apresentam problemas de liquidez."Não vimos problemas de pressão de liquidez em lugar nenhum. Não houve fragmentação nos mercados de dívida", afirmou. "Os mercados funcionaram, os preços foram formados. Tudo funcionou. Os bancos não têm problemas de liquidez. "

Em evento promovido pelo BCE em Sintra, Portugal, Constâncio alertou uma plateia formada por dirigentes de bancos centrais e acadêmicos que o Reino Unido poderá cair em recessão devido ao Brexit, e que o impacto da decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia pode ser multiplicado caso afete a confiança dos empresários. Fonte: Dow Jones Newswires.