22°
Máx
14°
Min

Biden critica silêncio de líderes palestinos após séries de ataques em Israel

(Foto: Amos Ben Gershom/ GPO) - Biden critica silêncio de líderes palestinos após séries de ataques em Israel
(Foto: Amos Ben Gershom/ GPO)

O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira o silêncio dos líderes palestinos na sequência de uma onda de ataques com arma de fogo e facas de palestinos contra os judeus israelenses, incluindo a morte a facadas de um turista norte-americano ontem em Israel.

Durante sua visita em Israel, Biden disse que não há justificativas para os ataques de palestinos contra israelenses e que os EUA defenderão Israel se necessário. Os EUA "condenam estes ataques e condenam a falta de condenação desses ataques", disse Biden, ao lado de Benjamin Netanyahu na residência oficial do primeiro-ministro israelense em Jerusalém.

Em um comunicado separado, Netanyahu disse que "enquanto Israel tem muitos parceiros nessa batalha decisiva, não temos nenhum parceiro melhor do que os Estados Unidos".

Biden deve se encontrar com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, depois de quarta-feira na cidade de Ramallah, na Cisjordânia.

Em seus comentários, Netanyahu disse que o Fatah, a facção política palestina liderada por Abbas, tinha emitido um comunicado elogiando a "farra de esfaqueamentos" na terça-feira no porto israelense de Jaffa. Um dos mortos no ataque era o norte-americano identificado pelo Departamento de Estado dos EUA como Taylor Allen Force. Fonte: Associated Press.