22°
Máx
16°
Min

Curitibana revela medo na Bélgica; veja o vídeo

(Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal) - Curitibana revela medo na Bélgica; veja o vídeo
(Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)

Após os atentados na Bélgica, o Portal Massa News conversou com a Irmã Maria do Carmo Gandra, que desde fevereiro segue em missão em uma comunidade de brasileiros em Bruxelas. Ela faz parte da Congregação das Irmãs Missionárias São Carlos Borromeo, Scalabrinianas e relata que além dela, também participa da missão outra imã Scalabriniana, dois padres e duas irmãs do santíssimo sacramento.

Comunidade Católica Brasileira em Bruxelas Paróquia Santo Antônio de Padua (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)

Ela contou que a situação é tensa por lá. “Realmente o nível de perigo é alto”, disse. Ela afirma que a sensação de apreensão vem desde a última terça-feira (15), quando as autoridades do País prenderam integrantes do grupo responsável pelos atentados em Paris. “Um dos suspeitos foi morto, um preso e outro fugiu”, relata. “Depois na sexta-feira (18), o responsável pelos ataques de Paris que havia escapado na terça, foi preso também”.

A irmã destacou ainda que o Bairro Molembeek é considerado reduto de marroquinos no País e que entre eles, existem alguns extremistas. “Eles são estrategistas. Sempre que saio às ruas percebo grupos de homens conversando fora da casa, mesmo com a temperatura abaixo de zero. É curioso isto”, comenta. 

“O número de muçulmanos é imenso aqui, sobretudo nas imediações dos bairros Saint Gilles, Forest, Molembeek. Mas, evidentemente que embora muçulmanos, poucos são os extremistas. A maioria é trabalhador”, enfatiza.

Irmã Maria do Carmo, contou ainda que aproximadamente 40 mil brasileiros vivem na Bélgica. “Ainda tememos novos ataques, a cidade está parada. Todos em casa e comércio fechado. O transporte não funciona e o policiamento é ostensivo”, revela. “Com isso, até mesmo a programação da Semana Santa, que prevê aglomerações de pessoas, foi suspensa”.

Veja o vídeo gravado pela Irmã Maria do Carmo que mostra as ruas vazias de Bruxelas.