22°
Máx
16°
Min

Centenas de tailandeses comparecem ao funeral de rei Adulyadej

Uma escolta real liderada por uma van que leva os restos do Rei da Tailândia Bhumibol Adulyadej chegou ao Grande Palácio no centro histórico de Bangcoc nesta sexta-feira, onde o corpo deve permanecer para um funeral no qual é esperado a presença de milhares de tailandeses.

Bhumibol morreu nesta quinta-feira, aos 88 anos no hospital Siriraj, local que foi praticamente sua segunda casa por anos, com diversos médicos cuidando de sua saúde. Ele foi acometido por diversas doenças nos pulmões, fígado e cérebro.

Centenas de pessoas esperavam pela passagem do comboio há mais de 24 horas, chorando copiosamente. A maioria carregava fotos do rei e os que não as tinham mostravam notas de dinheiro - todas as notas levam o rosto do rei.

A maioria dos tailandeses não conheceu outro rei. Bhumibol, o monarca com mais tempo no trono, permaneceu no cargo por 70 anos. Seu filho, o príncipe Maha

Vajiralongkorn, que deve tornar-se rei, seguiu o comboio em outro veículo.

O corpo do monarca ficará no Templo do Buda Esmeralda, dentro do complexo do Grande Palácio por tempo indeterminado. Nenhuma data foi marcada para a cremação.

Nas ruas de Bangcoc, as pessoas choram e lamentam profundamente a morte de Bhumibol. O governo declarou o dia como feriado. Fonte: Associated Press.