24°
Máx
17°
Min

China condena à prisão dois ex-dirigentes do Partido Comunista por corrupção

(Foto: Divulgação) - China condena à prisão dois ex-dirigentes do Partido Comunista
(Foto: Divulgação)

A Justiça da China condenou à prisão dois ex-membros do Partido Comunista, que atuavam em grandes cidades no país, mais uma demonstração de força da campanha do presidente Xi Jinping para limpar os quadros antes da mudança de lideranças, no ano que vem.

Wan Qingliang, ex-secretário do partido em Guangzhou, recebeu prisão perpétua após confessar ter aceito 111 milhões de yuans (US$ 16,6 milhões) em subornos. Separadamente, uma outra corte condenou a 12 anos Wang Min, ex-chefe do partido na cidade de Jinan, por ter aceito 18 milhões de yuans.

Em ambos os casos, promotores disseram que os oficiais abusaram de sua posição de poder para ajudar negócios e na promoção dentro da estrutura do partido em troca de dinheiro. Ambos eram investigados desde o final de 2014.

A condenação de dirigentes importantes de duas das cidades mais ricas do país acontece às vésperas da estação política na China, um período de reuniões que dura mais de um ano e que culmina na escolha da nova liderança central do partido. Dessa forma, dizem analistas, os veredictos reforçam a autoridade do presidente, que tem procurado Import mais disciplina ao partido. Fonte: Dow Jones Newswires.