21°
Máx
17°
Min

China critica UE após medidas antidumping sobre o aço

A China acusou a União Europeia de prejudicar a concorrência, ao impor medidas antidumping sobre o aço chinês, ampliando as crescentes tensões mundiais no setor de siderurgia relativas ao avanço dos produtos chineses de baixa custo.

As medidas anunciadas na sexta-feira pela União Europeia foram as mais recentes de uma série de decisões tomadas pela Europa, pelos Estados Unidos e outros parceiros comerciais, como resposta ao que foi chamado de preços indevidamente baixos do aço chinês. A reclamação é de que as exportações chinesas estão pressionando os preços mundiais e prejudicando concorrentes estrangeiros e postos de trabalho.

No entanto, um comunicado do Ministério do Comércio informou que as exportações de aço chinesas não podem afetar os preços, porque respondem por apenas 5% do mercado europeu.

"Adotar tais medidas de proteção erradas precipitadamente e restringir a concorrência de mercado justa não configuram o caminho certo para o desenvolvimento da indústria de aço da União Europeia", trazia o comunicado com data deste sábado (08).