22°
Máx
16°
Min

China diz que continuará a impulsionar reformas e se proteger contra riscos

O Conselho de Estado da China, ou gabinete, delineou nesta quinta-feira a agenda de reformas do governo este ano, prometendo continuar com as reformas financeiras e fiscais enquanto se protege contra riscos.

As autoridades vão abrir a conta de capital do país, que envolve investimentos, de maneira "firme e prudente", informou o gabinete em um comunicado em seu site.

Segundo o gabinete, eles vão executar programas de avaliação em que o yuan será plenamente conversível sob a conta de capital dentro de certos limites, disse o gabinete. O governo também irá estudar medidas inovadoras para afastar os riscos no mercado cambial.

O Conselho de Estado prometeu também aprofundar as reformas fiscais, através do aumento das cotas de emissão de títulos de alguns governos locais que estão em melhor condição fiscal e dar aos governos locais mais receita fiscal.

O Conselho estatal reiterou que o governo vai continuar impulsionando reformas de propriedade mista em empresas estatais do país. Fonte: Dow Jones Newswires.