24°
Máx
17°
Min

China e EUA reforçam cooperação contra ameaças da Coreia do Norte

(Foto: Pete Souza/ The White House) - China e EUA reforçam cooperação contra ameaças da Coreia do Norte
(Foto: Pete Souza/ The White House)

Em face das crescentes ameaças da Coreia do Norte, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu por laços de segurança mais estreitos entre seus principais aliados na Ásia, nesta quinta-feira, e aumentou a cooperação com a China para maiores avanços sobre armamentos nucleares.

Durante uma reunião de cúpula sobre segurança nuclear com líderes globais, Obama reuniu-se primeiro com o premiê japonês, Shinzo Abe, e com a presidenta da Coreia, Park Geun-hye. Juntos, eles alertaram que os norte-coreanos podem encarar sanções ainda mais severas se provocarem novamente com testes de mísseis e armas nucleares.

Em seguida, Obama se reuniu com o presidente chinês, Xi Jinping, e ambos pediram para que a Coreia do Norte desista das armas nucleares. A China também concordou em implementar as últimas restrições impostas pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) contra Pyongyang.

Mais de 50 governos e organizações internacionais participaram da reunião que tem a finalidade a prevenção do terrorismo nuclear.

"A China e os EUA têm a responsabilidade de trabalharem juntos", disse Xi. O líder ainda afirmou que ambos os países podem buscar soluções para suas disputas através do diálogo. Fonte: Associated Press.