28°
Máx
17°
Min

Colombianos realizam 'Marcha pela Paz' para salvar acordo com as Farc, em Bogotá

(Foto: Divulgação) - Colombianos realizam 'Marcha pela Paz' para salvar acordo com as Farc
(Foto: Divulgação)

Milhares de pessoas marcharam pelas ruas da capital colombiana, Bogotá, na noite desta quarta-feira, exigindo que as autoridades políticas do país e os rebeldes esquerdistas não desistam de um acordo de paz rejeitado por uma margem estreita por eleitores em um referendo, neste domingo

A "Marcha pela Paz" foi organizada nas redes sociais por grupos de estudantes e movimentos sociais que se frustraram com o resultado da votação. Muitos caminharam silenciosamente enquanto outros carregam bandeiras brancas, velas e imagens de entes queridos que foram mortos durante o conflito de mais de meio século envolvendo o exército, rebeldes da esquerda e milícias da direita.

A manifestação aconteceu horas depois de o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e seu antecessor, Álvaro Uribe, concordarem em aumentar uma comissão de delegados para encontrar uma saída para a crise gerada na esteira da vitória do "não" aos acordos de paz.

O encontro dos líderes, que já foram aliados no passado, teve como objetivo resgatar os acordos de paz e se estendeu por quase quatro horas. "Estamos muito perto de alcançar a paz, uma paz estável, duradoura e com o apoio de um público mais amplo", disse Santos, logo em seu primeiro contato com o líder da campanha pelo "não" ao acordo de paz.

"Manifestamos ajustes iniciais que deverão ser introduzidos nos textos de Havana. Para buscar um novo acordo de paz que envolva todos os colombianos", disse Uribe após a reunião.

Embora os líderes das Farc tenham dito que não tinham intenção de voltar ao campo de batalha, e tenham encorajado colombianos a se manifestaram pelo acordo, não está claro se eles estão dispostos a reabrir as negociações. (Matheus Maderal, com informações da Associated Press - matheus.maderal@estadao.com)