23°
Máx
12°
Min

Com apoio do eleitorado negro, Hillary é favorita em primária na Carolina do Sul

Columbia, Carolina do Sul, EUA, (AE) - Hillary Clinton e Bernie Sanders travam uma disputa neste sábado nas primárias da Carolina do Sul. A ex-secretária de Estado aparece com vantagem de dois dígitos nas pesquisas e deseja consolidar sua liderança sobre o rival na disputa pela indicação do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos, tendo maior apoio entre o eleitorado negro do sul do país.

Funcionários do Partido Democrata previam um bom nível de comparecimento entre os filiados. Hillary realizou um comício em Columbia, na noite de sexta-feira, onde novamente afirmou que levará adiante o legado do presidente Barack Obama. Ela disse considerar a primária na Carolina do Sul pessoalmente importante, porque ela deseja enviar "um sinal forte" de que o Estado está pronto para mudança.

O ex-presidente Bill Clinton participou da campanha no sábado, dizendo que os eleitores podem "mudar o futuro do país ao votar em Hillary".

A ex-primeira-dama travará com Sanders outras batalhas nas primárias no sul dos EUA, na chamada Super Terça. Na próxima terça-feira, serão realizadas primárias em Estados como Alabama, Georgia, Tennessee, Texas, Arkansas e Virgínia. A força de Hillary na região, particularmente entre o eleitorado negro, é ainda beneficiada pela decisão da campanha de Sanders de não investir tanto como ela na região, privilegiando outras disputas.

Sanders participou de dois eventos na Carolina do Sul na noite de sexta-feira. Um deles foi com o rapper Killer Mike, na Universidade Claflin, com forte presença de negros entre seus alunos. Sanders tem um plano de universidade gratuita.

O senador por Vermont venceu a primária em New Hampshire e ficou perto de Hillary em Iowa, porém perdeu Nevada. Fonte: Dow Jones Newswires.