23°
Máx
12°
Min

Companhia aérea Alaska Air está perto de acordo para comprar Virgin America

O grupo de aviação norte-americano Alaska Air Group emergiu como o provável comprador da companhia aérea Virgin America. A empresa está perto de um acordo de aquisição depois de superar uma oferta concorrente da JetBlue Airways, disseram fontes familiarizadas com a negociação.

O Alaska Air Group deve pagar mais de US$ 2 bilhões para comprar a Virgin America, que tem um valor de mercado de cerca de US$ 1,5 bilhão. Do capital da Virgin America, 54% são de propriedade do Virgin Group, de Richard Branson, e da Cyrus Capital Partners.

A combinação entre as duas empresas formaria a quinta maior companhia aérea dos EUA em tráfego, eclipsando a JetBlue, que detém atualmente este lugar. O Alaska Air Group, controlador da Alaska Airlines, é atualmente a sexta maior companhia aérea dos EUA em tráfego. A empresa, que vem obtendo lucros consistentemente desde 2009, tem valor de marcado de cerca de US$ 10 bilhões.

A Virgin America é a nona maior aérea nos EUA em tráfego. Lançada em 2007, a empresa só obteve lucro em 2013, depois de desacelerar seu crescimento vertiginoso e começar a preencher assentos a preços mais elevados. O executivo-chefe da companhia, David Cush, vinha reclamando que a Virgin America não conseguia obter os espaços que necessitava para crescer livremente. Parte do problema, segundo ele, é que todas as fusões no setor limitaram as oportunidades para empresas menores. Fonte: Dow Jones Newswires.